Saúde no caminho

Os motoristas profissionais passam parte da sua vida na estrada e por isso os seus hábitos alimentares são de extrema importância. Quando comemos fora de casa também devemos realizar uma dieta variada e equilibrada. Por isso, é importante conhecer como o que comemos afeta a condução. Algumas recomendações simples, em caso como estes são:

xxx

Transporte profissional

O que comer fora de casa?

O motorista profissional deve ter uma dieta variada equilibrada, seguindo as recomendações de uma dieta saudável.

  • Optar pela fruta fresca como sobremesa,
  • Revezar o consumo de carne e peixe,
  • Comer legumes e verduras (cruas e cozinhadas)
  • Limitar o consumo de embutidos, panificação industrial e carnes gordurosas
  • Aproveitar os alimentos de temporada
  • Escolher diferentes formas de preparo (à vapor, grelhado, assado, frito, etc.) e evitar abusar de uma mesma preparação culinária
  • Escolher um tipo de condimento de pouca gordura, como o azeite de oliva, e não acrescentar mais sal aos pratos já elaborados.
  • Não exceder na quantidade de cada prato. Evitar, nas horas de trabalho, consumir grandes quantidades de comida e ricas em gordura, já que isto produz nas horas seguintes de maneira natural a diminuição da capacidade de atenção e sonolência.
xxx

Condução noturna

Acuidade visual e fadiga

Dirigir à noite implica um maior risco do que durante o dia.

  • Os carotenos são essenciais para manter uma boa visão e melhorar a agudez visual noturna, são precursores da vitamina A e são encontrado principalmente na cenoura, nos grelos, no espinafre e em algumas frutas, o seu consumo é essencial. Outros carotenóides não precursores da vitamina A, presentes nas frutas e verduras, como a luteína e a zeaxantina também contribui positivamente para a boa saúde dos olhos.
  • Se aparecem sintomas de fadiga, devemos parar imediatamente, realizar algum exercício leve, ingerir alguma bebida (pode ser uma bebida com cafeína ou energético) e algum alimento. Os frutos secos podem ser ideais para estes momentos.
xxx

Climatologia

Você sabia que ao dirigir com ar condicionado você acelera a desidratação?

Dirigir com condições climatológicas especiais também requer prestar atenção a:

  • Tanto a calefação quanto o ar condicionado ressecam o ambiente, provocando uma maior desidratação que a habitual. Por isso, é aconselhável beber, mesmo que você não esteja com sede, visto que esta sensação aparece quando já existe um certo grau de desidratação.
  • Verão sem ar condicionado: As necessidades de líquidos também aumentará na mesma medida em que aumenta a atividade ou a sudoração. Por isso, as recomendações serão diferentes nas viagens realizadas em diferentes estações do ano. Um ambiente mais caloroso incrementará as necessidades de líquidos.

E não se esqueça...

  • As bebidas alcoólicas não são adequadas para evitar a desidratação e, inclusive, podem provocá-la.
  • Nunca dirija com o estômago vazio. A ausência de alimento está relacionada com uma diminuição da atenção e um menor rendimento.
  • O chocolate quente é rico em nutrientes e pode ser um bom reconfortante durante as viagens. Aporta energia e nutrientes.
10

Conselhos para uma boa alimentação em viagens pela estrada.

anterior seguinte

Faça da alimentação o seu melhor copiloto na estrada

baixar decálogo

Com a colaboração de:

  • Fundação Repsol
  • Real Academia Española de la Gastronomía
  • Fundación Española de la Nutrición